Petrobras informa sobre ajustes nos preços dos contratos de gás natural para distribuidoras

Petrobras informa sobre ajustes nos preços dos contratos de gás natural para distribuidoras

 

Rio de Janeiro, 06 de julho de 2021 – A Petróleo Brasileiro S.A. – Petrobras informa que, de acordo com os contratos em vigor, ajustará, a partir de 01/08/2021, os preços de venda de gás natural para as distribuidoras.

A variação decorre da aplicação das fórmulas negociadas nos contratos de fornecimento, que vinculam o preço à cotação do petróleo e à taxa de câmbio. As atualizações dos preços dos contratos são trimestrais. A referência para esses ajustes é a cotação dos meses de abril, maio e junho. Durante esse período, o petróleo teve alta de 13%, seguindo a tendência de alta das commodities globais; e o Real teve valorização de cerca de 4% em relação ao Dólar, em consequência, o ajuste será de 7% em R$/m³.

A Petrobras esclarece que o preço final do gás natural ao consumidor não é determinado apenas pelo preço de venda da companhia, mas também pelas margens das distribuidoras (e, no caso do GNV, dos postos de revenda) e pelos tributos federais e estaduais. Além disso, o processo de aprovação das tarifas é realizado pelas agências reguladoras estaduais, conforme legislação e regulação específicas.

Os contratos de venda para as distribuidoras são públicos e estão disponíveis para consulta no site da ANP.

 

 


Petróleo Brasileiro S.A - PETROBRAS - Relações com Investidores 
Av,República do Chile ,65 - 1803
CEP 20031-912 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil
Tel: +55 (21)  3224-1510/9947 | 0800-282-1540 
E-mail: p[email protected] | [email protected]   
Website de RI   


Este documento pode conter previsões, Segundo o significado da Seção 27ª da Lei de Valores Mobiliários de 1933, conforme alterada (Lei de Valores Mobiliários) e Seção 21E da lei de Negociação de Valores Mobiliários de 1934, conforme alterada (Lei de Negociação) que refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia. Os termos "antecipa", "acredita", "espera", "prevê", "pretende", "planeja", "proteja", "objetiva", "deverá", bem como outros termos similares , visam a identificar tais previsões , as quais, evidentemente , envolvem riscos ou incertezas previstos ou não pela Companhia. Portanto, os resultados futuros das operações da Companhia podem diferir das atuais expectativas e o leitor não deve se basear exclusivamente nas informações aqui contidas.

Comentários